sexta-feira, 28 de setembro de 2012

Era uma vez...

Era uma vez um espetáculo no teatro e um garoto de 8 anos que estava no terceiro ano, como todo menino era alegre, pulava e cantava, independente de ser portador de diabetes tipo 1, a única diferença.. fazia os testes de glicemia e aplicava insulina, mas mesmo assim nunca deixou de ser criança com suas artes e manias.
Sua participação na peça era mínima 5 minutinhos, mas para ele tinha a importância de um ator principal, participou de todos os ensaios com seus amigos.. estava radiante, seus olhos brilhavam quando falava dessa apresentação, até que na semana tão esperada..

O garoto acordou vomitando e foi parar no hospital, e como ficou desidratado teve que ficar tomando soro, a preocupação de sua mãe além da saúde era com as glicemias. Ele teve uma hipoglicemia de 48 mg/dl que não queria subir de jeito nenhum, mas depois tudo ficou bem, a única preocupação do garoto, era melhorar para se apresentar no teatro, seu sonho naquele momento..

Enfim o menino melhorou, teve alguns cuidados durante a semana, mas isso não o impediu de participar de todas atividades programadas. E eis que chegou a grande noite.. o combinado seria sua mamãe acompanhá-lo e seu papai ficar com seu irmãozinho de 2 anos, mas o garotinho não estava passando muito bem, nada sério, coisa de criança pequena, mas inverteram se os papéis, mamãe ficou e papai foi.

Para aquele garoto foi uma noite inesquecível e mágica, por dois motivos, pode realizar seu sonho de se apresentar num Teatro Municipal junto com seus amigos e segundo porque por um período de 3 horas ficou totalmente responsável pelo controle de seu diabetes, com tantas crianças nos bastidores e seu pai sentado na platéia, ele teve que se virar, provando para si mesmo e para seus pais, que é capaz!

Para ele ver seu nome no folder do evento, não teve preço!
Esse poderia ser um conto de fadas, mas é uma pequena parte da realidade vivida pelo João Pedro nessa semana, demonstrando que o diabetes é parte de sua vida e não um todo, bem como deve ser.. pois o diabetes não limita!

Assim que tiver uma foto da apresentação dele no palco posto aqui, enquanto isso ficamos com os bastidores..



Deixo aqui o meu agradecimento a todos do Colégio Atlântico envolvidos direta / indiretamente pelo sucesso desse evento e principalmente pela oportunidade de ver meu filho crescer!

Um comentário:

  1. Azevedo??????o João é meu sobrinho de verdade!!!!!rsrsrs
    Silvia, vc tem um jeito tão especial de escrever que me emociona sempre.....bjos a essa família que amo!!!!

    ResponderExcluir