quinta-feira, 21 de junho de 2012

Coisas de mãe..

Eu fiz uma postagem esses dias em alguns grupos do facebook, sobre um instante de fragilidade minha, mas renderam alguns comentários que podem auxiliar outras mamães pâncreas como eu.. então estou postando aqui tb..


Ontem a noite (14/06) assisti um filme chamado Elsa & Fred.. chorei tanto neste filme, no começo ele é meio parado, mas depois acabei me envolvendo com a história a Elsa é uma senhora que tinha o sonho de ir pra Roma, fazia hemodiálise e tinha uma vitalidade indescritível, o Fred já era hipocondríaco não tinha doença nenhuma, mas era infeliz.. os dois se encontram e vivem uma história de paixão linda, se descobrem juntos e vivem a vida como tem que ser vivida e mostra que nunca devemos desistir de nossos objetivos, ela conseguiu ir pra Roma! Ficção sim mas passa um ensinamento de vida maravilhoso, deu uma sacudida...

Desde que o João se tornou DM eu não me permiti lamentar em nenhum instante essa condição, pelo contrário depois do susto levantei a cabeça e fui em frente.. Mas essa semana o depoimento da Yara Resende Rocha no blog da Sarah Rubia Baptista mexeu muito comigo, principalmente a parte em que ela fala "que preferia estar vivendo em seu mundo colorido..." e ontem assistindo esse filme.. parece que tudo se misturou.. pela primeira vez me permiti sentir toda a força que essa deficiência trouxe pra nossa família, principalmente o João... a nossa vida nunca mais será a mesma, se antes ele pegava um biscoito e comia sem preocupações, hj ele olha e me fala "mamãe posso comer?", está simples frase implica tanta coisa, tantos cuidados, tantos sentimentos, sim ontem eu fui a mãe que lamentou a entrada da diabetes na vida de seu filho..

Não fiquei orgulhosa de mim, mas acredito que precisava deixar extravasar, eu tb tenho o direito de me sentir pequena, uma minhoquinha que só quer proteger sua cria.. mas tb sei que optei pelo caminho certo, aceitar e fazer com que tudo seja mais leve, acredito que estamos conseguindo.. #prontofalei# como diz minha amiga.




3 comentários:

  1. Oi Sílvia, é a Kellen, mãe da Marília, lá do blog da Jujuba...apesar de só 5 meses convivendo com a diabetes, entendo exatamente o que vc pensou, sentiu e exprimiu...acho que essa forma de condução que escolhemos é a melhor sem dúvida, mas não impede que marcas profundas se instalem em nós. Mas não perco a fé e creio sempre que Deus está conosco em TODAS as batalhas e superaçoes....um beijo calorosamente doce a vc e ao João.meu email e msn: kcmazevedo@hotmail.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Kellen, feliz em te ver por aqui!!!
      Vc viu só, mas foi um momento e todos nós precisamos disso de vez em quando..
      Com certeza acredito em uma força Maior e que vamos em frente e tudo fica bem!!
      Vou te adicionar.
      Um beijo pra vc e em sua docinha Marília!

      Excluir