sexta-feira, 1 de junho de 2012

Aniversário de Diabetes - 1 ano

Pois é, já se passou um ano... na verdade dia 30/05, foi o começo pesquisei os sintomas que nosso filho vinha apresentando na internet e me deparei com o quadro de diabetes, li, li um monte de coisas, comentei com minha amiga de trabalho que desconfiava que o João estava com diabetes e ela me disse que não, pra eu tirar isso da cabeça, mas aquilo ficou martelando...

No dia seguinte, foi dia de pediatra levei o João e ele pediu o exame de glicemia e no dia 1 de junho de 2011, confirmamos o diagnóstico... olhando para trás passou um filme em minha mente... e parece que foi a mais tempo...

Um ano de residência e uma hóspede que veio pra ficar, inoportuna as vezes com seus ataques de hipo e hiper, mudança, muita coisa mudou desde sua chegada...

Aprendemos a nos valorizar mais como pessoas, ser tolerantes um com o outro, muita coisa passou a não ter mais valor e outras pequenas coisas passaram a ter um valor enorme. Conhecemos um monte de gente bacana e vimos que a nossa realidade é a de muita gente por ai. Deixamos de ser pessoas pequenas e passamos a valorizar mais a vida!

Tem gente que me pergunta e como você convive com a diabetes, hoje eu digo que de uma forma normal... não me vejo mais sendo só a mãe.. sou a mamãe do Julio e do João, então qual a diferença, sou muito mais antenada em meus filhos.. se tornou natural acordar todo dia as 6h30min medir a glicemia do João, fazer a insulina basal, dar o seu leitinho, fazer a correção com a rápida se necessário e deixá-lo dormir novamente, assim como é natural todo dia de manhã, fazer o leitinho do Julio, trocar sua fralda e deixá-lo dormir mais um pouco...

Sair pra trabalhar e deixar meus filhos foi uma parte que tive que superar, primeiro o João na escolinha, alguns anos depois o Julio e por último o diabetes, são etapas que vamos aprendendo e nos adaptando. Para conciliar o trabalho e os cuidados com o DM, um grande aliado: o meu telefone rsrsrs, sem ele ia ser complicado... o João fica de manhã com a minha mãe, então sempre combinados assim, depois que ele acorda mede a glicemia, a Mamãe me liga passando o valor e o que ele comeu, faço a contagem e falo pra aplicar a insulina necessária, mas ele mesmo se aplica, tem que ser assim, isso se chama crescimento!

Como falei muitas mudanças, algumas adaptações, novos termos e acessórios em casa, até o nosso pequeno Julio já sabe que o Tato tem que medir a "guicemia", que ele também as vezes faz junto e acha a maior graça... fazer a insulina e o irmãozinho acompanha com uma caneta que deixamos pra ele, sem a agulha lógico!!

Isso faz parte de nosso dia a dia, isso faz parte de nossa família... mas e o João, como ele sendo criança encarou tudo isso... De uma maneira geral aceitou muito bem sua condição de diabético, teve dias mais fáceis e dias mais turbulentos, assim como terão outros... birra, choro, reclamação, tudo isso faz parte da criança, temos que ter o cuidado pra não confundir esses pequenos comportamentos e sempre botar a culpa no diabetes, temos que lembrar que crianças são crianças independente se são DM ou não e esses comportamentos fazem parte da infância.

Até o final de março ele encarou tudo muito bem, muito bem mesmo.. em abril precisamente começamos com a contagem de carboidratos e com a rápida nas 3 refeições, tudo bem para o João, até um fato que aconteceu sábado 26/05 em casa, foram um casal de amigos nossos jantar e quando fomos comer o João não quis fazer o dextro na frente do amigo, fez o maior chororo, disse que a glicemia estava baixa e que não precisava medir, levei o para o quarto, conversei na maior tranquilidade e ele me disse: porque vc faz isso comigo, é sempre assim todo dia... imaginem como me senti na hora, péssima claro... enfim medimos e estava em 52 mg/dL realmente estava baixa, bom jantamos e continuou tudo bem, como se anda tivesse acontecido.

O João nunca gostou de fazer o dextro e a insulina em público, fez somente uma vez quando eu estava sozinha com eles no Sesc, sempre respeitei, acredito que tudo tem seu tempo... mas depois dessa fato conversei bastante com ele, descobri que ele se sente diferente dos amigos e tem vergonha de fazer o dextro e aplicar insulina na frente deles, assim como tem vergonha de me beijar na frente da escola... Ele está um pouco rebelde ultimamente, dando respostas diretas, querendo tomar algumas decisões por ele, acredito que tudo está meio bagunçado em sua cabecinha... vai crescendo e querendo se tornar independente, em julho completa 8 anos.

Bom depois disso ele voltou a fazer tudo normal em relação ao diabetes, conversei com meu marido e resolvemos observar mais um pouco... ai caso ele insista mesmo em continuar com essa postura, vamos conversar com o seu endocrino e ver se é necessário encaminhar para uma psicóloga. O que fazemos sempre é tratá-los com muito amor e carinho procurando sempre o melhor!

Não posso deixar de falar que nesses 12 meses recebemos muito apoio de pessoas conhecidas e outras que conhecemos ao longo desse período, algumas dessas que se tornaram amigos pra uma vida toda... é super gratificante essa troca de carinho e muito importante, pois ai encontramos energias pra seguir em frente... é a corrente do bem que se chama amizade envolta por um grande circulo azul!!

Filmei os dois medindo a glicemia ontem.. ficou meio bagunçado, o João ficou envergonhado, o Julio com manha pq queria medir antes do irmão, foi a primeira vez que filmei eles assim... mas dá pra perceber o quanto isso é natural ...
video

12 comentários:

  1. Silvia querida! Que bom que vocês chegaram a esse primeiro ano tão bem e com com tantas coisas boas na vida de vocês! O caminho certo é esse... A busca do conhecimento para um melhor convívio com o seu "terceiro filho" - o diabetes....
    Parabéns pela mãe maravilhosa que você é e parabéns ao João por conviver tão bem com tudo isso....
    Beijão!
    Conte sempre conosco!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Carol!
      Também acredito que o caminho é esse quanto mais conhecimento tivermos, automaticamente uma melhor qualidade de vida.
      Obrigada!
      Bjos

      Excluir
  2. Parabéns pela linda família, acho normal o João não gostar de fazer a dextro perto de outras pessoas, acho que faz parte da personalidade dele, não se expor, não porque não aceite a diabetes,
    Exemplo: no nosso dia a dia encontramos pessoas que gostam de compartilhar confidências mesmo com desconhecidos, outros ja são mais reservados. claro essa é minha opinião...bjs.
    Carla

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Carla!
      Eu entendo o João sempre respeitei isso, é dele mesmo, só não quero que se sinta diferente, mas ele leva tudo numa boa..
      Obrigada!!
      Beijos

      Excluir
  3. Silvia, achei uma graça o Julio fazendo o teste... tudo isso mostra com vc soube conduzir bem toda a situação, em um ano de diagnóstico, está tudo dentro dos conformes.. parabéns por sua dedicação e bons controles para nós..ou melhor nossos filhos... beijão pra vcs, sempre que precisar estamos aqui...
    Dulcinéia e Giovana.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Du!
      Ele as vezes pega as coisas do irmão e sai correndo falando que vi medir sozinho.
      É isso temos uma longo convivência com o diabetes, então optamos por fazer isso da melhor maneira, assim com vcs tb!!
      Obrigada!
      Beijos

      Excluir
  4. Silvia, essa consciência do "diferente" um dia chega para todas nós, ver você lidando com essa serenidade é um exemplo que vou seguir. Antônio caiu da cadeirinha dele, pois, viu o irmão mais velho se levantar. Foi um susto, ele pouco fala, mas, pelo seu olhar percebi que ele ficou sem entender pq ele não conseguia se levantar. Um beijão nas crianças e um abraço fraterno.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Yanna, prazer em te ver por aqui!!!

      Sempre acompanho a vida do Antonio, ele está muito lindo e o irmão tb claro!!!

      Sabe Yanna vendo vc falando do ser diferente andei pensando, um dia na vida todos nós passamos por isso, independente do diabetes, da mielo ou qquer outra coisa. O importante é a maneira como encaramos e lidamos com tudo isso. Se estou ajudando nem que seja um pouquinho fico feliz!!! Vc tb é uma guerreira!!!

      Com certeza o Antonio e o Bento são feliz por serem seus filhos!
      Bjos pra todos vcs!!

      Excluir
  5. Oi Sil!Achei lindo o João fazendo a glicemia no Júlio!
    Muito bonitinho!Amei!
    Parabéns por ser essa mãe tão maravilhosa e por seus filhos que são tão lindos!!!
    As minhas meninas amaram assistir eles rs e até me pediram para medir a "bicosa" delas também!
    Beijos!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Cris!!

      Os meninos são demais!!!
      Obrigada, mas vc é uma super mãe 3 vezes!!!!
      Saudades dessas meninas lindas, não vi mais fotos delas, cd???
      Um beijo pra vc e outro nas princesas!!!

      Excluir