segunda-feira, 9 de abril de 2012

Mais uma glicada

Na semana passada o João Pedro realizou seus exames trimestrais, não estava tão otimista quanto ao resultado, em janeiro e fevereiro, ele teve muitas hipers e hipos também.

Em meados de março começamos com a contagem de carboidratos, aliás é tudo de bom, não sei porque não iniciamos antes, as glicemias tiveram uma melhora.

O primeira glicada foi 12% (altíssima, foi no momento da descoberta), a segunda 6,6% (uma melhora e tanto) e agora 7,1%, ainda está dentro da média pra sua idade, mas temos que melhorar isso e voltar para faixa dos 6%.

O João Pedro fez uma associação entre a contagem e a aplicação de insulina que não gostei muito, no sábado fomos almoçar no Sesc, pela primeira vez ele aplicou insulina em público, não liga de fazer o dextro, mas insulina nunca quis fazer diante dos outros, quebrou o protocolo!!! Terminamos de almoçar e levei eles pra brincar, o João me pediu mais uma sobremesa (um picolé), eu falei que não, pois tinha acado de almoçar. Ele virou e falou mas é só aplicar mais insulina (expliquei pq não deixei, ficou de bico mas entendeu), tudo bem não está errado, mas não quero que pense que pode comer tudo a qualquer hora e aplicar insulina, criança aprende rápido!

Outra coisa que está ficando evidente é sua preferência por doces, antes do diabetes ele nunca gostou muito de doces, mas nesses últimos está pedindo muito, não proíbo nada, mas não quero que exagere, tudo tem um equilíbrio. Neste final de semana de Páscoa, suas glicemias ficaram altas, mesmo fazendo a contagem e corrigindo depois tem ficado alta, acredito que por causa da gordura que contém no chocolate e é metabolizada depois.

Hoje ele ficou nervoso antes de vir pra escola, cortou o cabelo neste final de semana, não queria cortar com a tesoura, então passou a máquina em tudo, eu achei uma graça, mas ele não gostou. Fomos há vários lugares  e ele não tocou mais no assunto do cabelo, na hora de vir pra aula, Mãe, não quero ir, não quero ir, há muito custo convenci-o a entrar de boné na cabeça. Mal entramos começou o "chororô", nervoso que só, a Coordenadora conversou com ele e enfim entrou na classe, mas a glicemia essa deu trabalho!!!! Medi as 13h45 estava em 357 mg/dl mas não corrigi porque ainda tinha insulina ativa, as 15h15 antes do lanche outro dextro 204, aplicamos a insulina correspondente ao lanche. Agora no final da aula vamos medir novamente, tudo por causa do emocional.

Temos consulta com o Endocrino por esses dias, mas acredito que um dos fatores das glicemias estarem altas deve-se ao final da lua de mel, um dia ia acabar! Ainda falta alguns exames pra ficarem prontos, os outros estão tudo bem, vamos aguardar agora a orientação do Endocrino.

Eis o cabelinho novo!!!!


11 comentários:

  1. Silvia querida, q bom, a glicada dele ta boa. Nao sei se é a diferença de idade ou de conduta mas aqui acho q nem pensam em glicada menos de 7. Seria mto bom, mas eu nao tenho esse objetivo pq pra mim parece utópico. Só se eu voltar pro Brasil.
    No mais, to esperando a foto!
    Beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Yara, eu ainda não consegui baixar a foto, definitivamente preciso trocar de celular, o meu não faz mai nada (rsrsrs), mais eu vou postar viu!

      Excluir
  2. Oops! Assino: Yara! ;-)

    ResponderExcluir
  3. Oi Silvia,
    Por ter começado a contagem em Março, acredito que as coisas ainda vão melhorar e muito, mas esta uma otima glicada.
    Chocolates... ahhh chocolates... eu aprendi, com a nutricionista fazer a compensação, algo gorduroso logo depois algo com fibras e natural, ontem foi chocolate na sobremesa, no lanche e no jantar, sem fome, eu sabia que não ia comer legumes nem verduras, dei as 45g de CHO em frutas que ele gosta, acordou com uma boa glicemia, 130mg/dl, e ela só estava assim porque não tenho deixado muito ajustado a noite, ele agora dorme sozinho no quarto dele.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sarah
      Eu já tentei de tudo pro João comer verduras (só gosta de brocolis e couve) e frutas, mas ele não come e olha que em casa sempre consumimos esses alimentos o menor por exemplo come de tudo. e isso dificulta um pouco na hora de fazer essa compensação. Ontem pro exemplo depois do jantar estava 97, ai comeu duas bolachas de água e sal, medi 2 horas depois estava 220, hj acordou com 165, aumentei um pouco a basal, vamos ver como seguimos por esses dias.
      Estou estranhando tudo isso, pq antes não era assim, agora com o final da lua de mel, parece que ficou tudo fora do eixo. Vamos ver quais as orientações do Endocrino.
      Ah, o João dorme sozinho tb!
      Abraços

      Excluir
  4. Sivia,
    Estou tento contato com seu BLOG pela primeira vez estava pesquisando sobre a caneta Safe-Inject e cheguei até você.
    Nossa filha Mariana também tem diabetes do tipo 1 foi descoberto em junho de 2010 quase ficamos doidos mas hoje estamos mais forte.
    Ela utiliza dois tipos de insulinas LEVEMIR e NOVORAPID nosso medico já nos encaminhou no primeiro mês para a nutricionista e iniciamos a dieta de 45 g de CHO nas refeições.
    Quando foi descoberto a diabetes a primeira glicada ficou em 8,6% no na próxima ficou 7,2% e atualmente estamos 7,7% por mas controle que temos.
    Com o decorrer do tempo criamos uma planilha onde marcamos todos os dextros diários e com base nessa planilha o medico vai acompanhando se for do seu interesse mandamos para vocês.
    Uma dica que percebemos não podemos brincar com a Diabetes ela e cruel então levamos rigorosamente o tratamento com a Mariana mesmo que sofremos por dentro.
    Boa sorte para todos nos.
    Ela chega a fazer até 7 dextros por dia.

    Silvano

    ResponderExcluir
  5. Oi Silvano!

    Obrigada pela visita!
    A descoberta é um susto né, ficamos sem chão, mas depois as coisas acabam se ajeitando.
    Com certeza o sucesso no tratamento da diabetes é uma boa disciplina, aliada a uma alimentação adequada, mas mesmo fazendo tudo certinho tem coisas que fogem ao nosso controle.
    Nesses momentos nos sentimos pequenos, e nessa hora é bom trocar informações com outras pessoas, outras famílias, pois percebemos que não estamos sozinhos, além é claro de aprender um pouco mais a cada dia, eu sempre falo informação e calor humano nunca é demais!!!
    Vc falou sobre a planilha, nós anotamos no caderninho, e depois eu passo no excel, mas se puder me enviar a sua planilha agradeço!
    A Mariana faz certinho com o dextro, no começo nos fazíamos 4 vez ao dia, depois que começamos com a contagem aumento bem, praticamente o dobro no mínimo 8 vezes, mas tem dia dependendo das glicemias que meço mais 9, 10x. Assim vamos indo!!!
    Sempre quiser ou precisar pode passar por aqui ou enviar um e-mail, deixe sua opinião é importante!

    Abraços e força!!!

    ResponderExcluir
  6. ESTAMOS COM COMPLICAÇÕES DO DIABETES
    DORMENCIA NOS PÉS
    DORES NAS PERNAS E DE CABEÇA
    MEU FILHO TEM DIFICULDADE PARA MANTER GLICEMIS BAIXA... ALGUÉM CONHECE CASA DE COMPLICAÇÕES NESSA IDADE???

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom dia!

      Olha pelo que vc comentou parecem ser os sintomas de hiperglicemia, vcs fazem acompanhamento com o médico? Ele é a pessoa mais indicada para te orientar neste momento.
      Conte-nos um pouco mais da história do diabetes de seu filho e qual o tratamento que faz? Se quiser deixe um e-mail pra contato.
      Abraços

      Excluir
  7. Ola ,tenho um filho de 13 anos e a pouco descobri q ele estava c diabete , e as vezes é muito dificil priva-lo das coisas a diabete chega a 580 e ,as vezes não sei o q u fazer de tão nervosa que eu fico e gostaria de saber melhor sobre glicdas e contagens que vcs fazem a porcentagem que tem de estar , como funciona ...Obrigada pela atenção !

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa Noite!

      Vc tem um e-mail pra contato? Antes de qualquer orientação, seria interessante saber qual o tratamento que seu filho faz,qual insulina usa, o que o médico te orientou.
      A hemoglobina glicada é um exame que mostra como a glicemia se comportou nos últimos 3 meses. Somente o profissional de saúde é quem pode pedir esse exame.
      Seu filho mede as glicemias, como é sua alimentação?

      Sobre a contagem é mais ou menos assim, o seu médico tem que passar quanto de insulina aplicar pra uma determinada quantidade de carboidrato, tudo que ele come vc anota e seguindo a orientação do profissional de saúde, calcula quantidade de insulina necessária pra cobrir o "bolus", ou seja quanto de carboidratos ele ingeriu numa refeição.

      Abraços

      Excluir