sexta-feira, 13 de abril de 2012

0800 Diabetes - Belo Horizonte

Atendendo a solicitação de nossa amiga Carol Freitas, estou postando aqui o 0800 um serviço de informação que vai ajudar e muito o pessoal de Belo Horizonte. Parabéns para o pessoal da Associação de Diabetes Infantil!!!! Força pra vocês!!!!

Olhem o que a Carol escreveu no facebbok:

Pessoal, tive o imenso prazer de conhecer hoje a Cidinha Campos, presidente da ADI- Associação de Diabetes Infantil de BH. Uma mamãe pâncreas que tá literalmente dando o sangue para erguer o prédio da associação e disponibilizar serviços para os diabéticos. Lembrando que aqui em Belo Horizonte não temos associações efetivas... Vejam que legal o serviço 0800 Diabetes que será implantado por eles. Primeiro serviço 0800 no país e na América dos Sul para esclarecimento de dúvidas sobre a diabetes. Todo trabalho é realizado por voluntários e é claro que estou com eles nessa luta e muuuito feliz em poder ajudá-los!!! Aceitamos ajuda também, viu...

Grande BH vai ganhar 0800 Diabetes


Os moradores da região metropolitana de Belo Horizonte que sofrem de diabetes ganharão mais uma arma para lutar contra a doença. Com o objetivo de esclarecer dúvidas e orientar os pacientes e seus familiares, a Associação de Diabetes Infantil (ADI), vai criar o 0800 Diabetes. O serviço de informação é o primeiro no país.

A previsão é de que os atendimentos comecem a ser realizados ainda no primeiro semestre deste ano.Para conseguir ajuda, basta ligar e um profissional da área de saúde irá oriental-lo. O telefone para as ligações ainda será definido.

Além de educar a população, serão disponibilizadas informações sobre nutrição e dietas. A expectativa é de que sejam atendidas cerca de 170 mil pessoas por ano. Os profissionais da saúde, que participarão voluntariamente, vão receber um curso de educador em diabetes.

Para a endocrinologista e presidente da Associação de Diabetes do Brasil Seção Minas Gerais, Adriana Bosco, informação nunca é demais para controlar a doença. "Metade das pessoas não sabem que tem a diabetes, com isso, elas perdem tempo para procurar ajuda. A doença é silenciosa e sem sintomas no início", afirma.

Como todo o trabalho é voluntário, a presidente e fundadora da ADI, Cidinha Campos, explica que o apoio do Estado e da população é fundamental para viabilizar o serviço. "Nossa esperança é de que o governo, além de outros parceiros, não fiquem de fora desse projeto de cunho tão importante para as pessoas que sofrem com o problema", disse.

Quem quiser, pode fazer doações através de uma conta na Caixa Econômica Federal. Agência 0093; Conta 8356 Operação 003. Outras informações pelo telefone: (31) 9974-4531.

Fonte:

2 comentários:

  1. Silvia, Obrigada por ajudar a divulgar essa bela iniciativa! Que a ideia se extenda por todo o país!

    ResponderExcluir