quinta-feira, 15 de maio de 2014

Ter uma doença crônica NÃO é problema, depender da burocracia para receber medicamentos e insumos SIM



Novamente volto no assunto falta de medicamentos e insumos, infelizmente está em pauta. Nos últimos meses é a quarta vez que ocorre conosco.

Fico chateada demais com essa situação é triste, humilhante, nem dá pra escrever o sentimento, tenho como prioridade nesse blog a informação, então relato o que podemos fazer enquanto cidadão, dá trabalho sim correr atrás e fazer nossa parte, mas veja se todos adotarem essa postura podemos mudar algo.

Faltou insumos e medicamentos SAIBA o que fazer:

- Ligar no 136 na Ouvidoria Geral do SUS e fazer sua reclamação, a ligação é gratuita de qualquer telefone fixo, saiba mais sobre esse serviço aqui.

- Se for processo judicial procure o seu advogado ou a Defensoria Pública para orientações, você pode também procurar uma delegacia e fazer uma denúncia de crime por descumprimento de ordem judicial e deixe registrado na fanpage do Ministério Público.

- Na cidade de SP, os processos judiciais ou administrativos, podem ser levados para o Momento Aberto, solicitando uma providência da Defensoria por se tratar de assunto de interesse social, saiba mais no link: Momento Aberto.

- Em último caso junte pessoas, chame a mídia e faça barulho, não deixe passar em branco, no próximo mês pode acontecer a mesma coisa. Isso nos compete como cidadãos, uma pessoa, duas, três, quatro, cinco fazendo, daqui a pouco somos muitos, vamos lá?

Aqui tem um post da amiga Débora que me orientou em muitos pontos e pode esclarecer melhor como proceder: "Caminhando contra o vento sem lenço e sem medicamento".

Não consigo ficar parada, estou agindo da melhor forma que posso pra garantir a saúde de meu filho e enquanto puder vou espalhar informação por aí, é o que sei fazer!

Em algum momento isso tem que mudar, dá vontade de sair gritando por aí e convidar um de nossos políticos para viver na pele a situação de uma pessoa com doença crônica, enfrentar filas e toda burocracia pra conseguir insumos e medicamentos e ae algo iria mudar né!

fonte da imagem: https://www.facebook.com/tvrevolta
Enquanto isso não acontece vamos juntar o respeito e a dignidade e cobrar o que temos por direito, é nosso dever enfrentar e mudar essa situação, vá em frente e não desista a sua saúde agradece.

Deixo abaixo o relato que postei na fanpage no dia 08/05, descrevendo a forma como ocorreu, o advogado está tomando as medidas cabíveis, mesmo após uma semana, liguei na Regional e a resposta é que AINDA está em falta e SEM previsão de entrega. Volto com notícias, não tenha medo de fazer o que lhe compete é nosso dever enquanto cuidadores da saúde.

Estejam bem, beijos e até a próxima.

"Ter uma doença crônica NÃO é problema, depender da burocracia para receber medicamentos e insumos SIM  

O tratamento de meu filho é por demanda judicial, todo mês vou na Regional buscar insumos e insulina. E ontem foi dia de ir.

Pela terceira vez esse ano sai da Regional triste e deprimida, não tinha toda quantidade de fitas para medir glicemia, já no balcão a atendente me fala “não quero que sobre nada pra mim, mas não tem todas as fitas”. Ou seja, agora eu sou a pessoa ‘ruim’ que causa pb na farmácia pq questiono e vou atrás de resolver as coisas.

Sai de lá com vontade de fazer algo concreto e não só paliativo como das outras vezes, liguei para uma amiga advogada Débora Aligieri e dm1 como meu filho, no qual me orientou a ir até a delegacia e fazer uma denúncia de crime por descumprimento de ordem judicial. Pois bem, fui com a cara e a coragem. 

Passei na delegacia central para me informar em qual jurisdição poderia fazer a denúncia, um descaso total pra atender, parece que somos lixo. Consegui a informação e chegando na próxima delegacia uma pessoa para atender todos e ainda não queria resolver o meu caso tive que falar com o delegado, além de esperar mais de 3h para ser atendida. Enfim consegui formalizar a denúncia, foi horrível, deprimente, me senti muito muito mal, parecia que tinha roubado algo e fosse a culpada, é triste demais.

Acredito ter feito o correto estou pronta para encarar o que vier pela frente, desistir jamais. Esse é o nosso Brasil, ter quer passar por todo esse desgaste para fazer valer o nosso direito a saúde.

Hoje entendo mais ainda porque existem pessoas que não seguem o tratamento de diabetes corretamente, acabam tendo sequelas e até morrendo. Não morrem por causa da doença crônica, mas por toda essa burocracia para conseguir o mínimo para se cuidar, o desgaste causado é muito grande. Falta o básico, a DIGNIDADE e o RESPEITO para com o cidadão que chega lá para retirar seus insumos e medicamentos e não tem. A pessoa por falta de informação em saber como proceder vai embora pra casa mais desanimada ainda esperar o próximo mês, onde talvez se repita tudo novamente.

E aí quem RESPONDE por isso? Não podemos ficar parados, algo tem que ser feito, isso precisa mudar e JÁ!"

3 comentários:

  1. Puxa Sílvia e lamentável, triste essa situação. Mas parabéns por sua atitude, pode contar comigo!!! Bjos Vânia

    ResponderExcluir
  2. Puxa Sílvia e lamentável, triste essa situação. Mas parabéns por sua atitude, pode contar comigo!!! Bjos Vânia

    ResponderExcluir
  3. O pior é que essa situação não é exceção, mas regra!!

    ResponderExcluir